Quem é a Casa de Labrys?

“Nascemos com o intuito de mostrar que os laços entre mulheres são revolucionários”.

O Labrys, um machado que na mitologia grega era usado pela deusa da Terra, Ártemis, era utilizado em sociedades matriarcais, e muitas vezes, associado a rituais lésbicos que aconteciam nos santuários – ou casas -, com o objetivo de cultuar o sagrado feminino. Ele também representa as batalhas que mulheres protagonizavam para manter sua independência e força. A Casa de Labrys é o espaço onde diferentes mulheres podem se unir em prol de uma luta interseccional contra o machismo, o racismo e a LGBTfobia.

Foi dessa inquietação que surgiu a Casa de Labrys, um site feminista, anti-racista e LGBT. A partir de um jornalismo independente, colaboraborativo, cidadão e com recorte de gênero, raça, classe e sexualidade, pretendemos trazer à tona assuntos que são tratados de modo superficial pela mídia. De diferentes cores, corpos, crenças, profissões e sexualidades, acreditamos que nossa voz precisa ser ampliada.

 

Sejam bem-vindos à nossa Casa!

Thamires Motta
Jornalista introvertida. Sapatona convicta. Vezenquando poeta, fotógrafa e tudo aquilo que a vida me permitir ser. Meio insegura, meio corajosa. No fundo, no fundo, só muito ansiosa para mudar o mundo.